Atendimento: (31) 3330-1292 / 2512-1292
Whatsapp: (31) 8751-3537

Pragas

Marimbondo

Nome Científico: vários, como Gymnopolybia vicina, Apoica pallida, Protopolybia sedula, Polybia vulgaris, Polybia occidentalis acutellaris, Mischocyttarus ater, Pepsis elevata, Nectarina lecheguana, Polybia demidiata, Polistes canadensis.

Tamanho: 12 a 15mm.

Longevidade: alguns meses.

Coloração: variada, como parda, amarelo, pardo escuro, negra, azul, avermelhada.

Reprodução: sexuada.

Alimentação: insetos e outros artrópodes para as larvas e néctar das flores para os adultos.

Doenças Transmitidas e Patógenos Veiculados: a picada é muito dolorida e perigosa. Dependendo da quantidade de picadas recebidas pode levar até à morte.

Medidas Preventivas:

Obs.: Com o estabelecimento da Lei no 5197, de 03/01/67, Lei de Proteção à Fauna, foi estabelecida a proibição da sua utilização, perseguição , destruição , caça , ou apanha, portanto fica proibido o extermínio de abelhas/vespas nativas, pois estão protegidas por lei. Decreto nº 3.179, de 21 de setembro de 1999. Dispõe sobre a especificação das sanções aplicáveis às condutas e atividades lesivas ao meio ambiente, e dá outras providências.

Curiosidades

Podem caçar até aranhas para depositar dentro delas seus ovos. Estes darão origem às larvas que se alimentarão do inseto/artrópode ao qual estiver inserido. É o único inseto capaz de imobilizar a sua presa. Os machos não possuem ferrão e sua única tarefa é a de fecundar a fêmea, morrendo, geralmente, logo em seguida. A fabricação do vespeiro, a defesa, a postura e a alimentação da prole estão a cargo das fêmeas.

Solicite um orçamento.

Atendimento: (31) 3330 - 1292 / 2512 - 1292

Rua Ituiutaba, 191 - Prado - Belo Horizonte - Minas Gerais

E-mail: contato@imunilar.com.br